Reunindo arte e moda em uma só edição, que foi intitulado de The Art Issue, a popular revista The Daily Front Row encerra seu ano dando um olá para a temporada do Art Basel Miami Beach –  que á a feira internacional de arte contemporânea mais abrangente da América do Norte, que acontece entre os dias 2 e 4 deste mês. Com foco em tudo que há de mais quente em ambos os mundos, a revista veio em dose dupla. A edição de Dezembro joga uma luz em duas grandes estrelas: o aclamado artista emergente Emmanuel Taku e a supermodelo Candice Swanepoel.

Em seu recheio, Swanepoel conversou com a revista sobre a sua marca Tropic of C, e contou um pouco sobre todas as novidades que chegaram a marca neste último ano e sobre o que ainda vem por ai. Em sua capa, a modelo posa em um barco na Itália – clique feito pelo seu amigo, e fotografo, Eduardo Bravin para a nova coleção capsula da marca, que será lançada amanhã.

Confira abaixo as páginas internas e a entrevista traduzida dessa nova edição:

 

TROPIC THUNDER

Não apenas sendo uma das modelos mais procuradas no mundo, Candice Swanepoel também tem um império florescente em suas mãos com a sua marca de lifestyle ecológica Tropic of C. Ela conta ao Daily como sua linha está crescendo, o que ela aprendeu desde que se tornou uma empresária e porque foi importante para ela ter uma marca de trajes de banho com propósito.

O que há de novo na Tropic of C?

Há tantas lindas peças que nós adicionamos, junto com os nossos estilos principais, que são clássicos e continuam a vender bem. Nós adicionamos uma categoria de “movimento” e recentemente roupas, então nós continuamos a crescer e alcançar muitos lindos consumidores ao redor do globo.

Você tem a linha desde 2018. Como ela evoluiu?

Ela vem crescendo em um ritmo que eu nunca poderia ter esperado. Nós tivemos algumas dores de crescimento, como todos os negócios tem, encontrando os empregados certos e como lidar com as demandas e os prazos, mas é tudo parte do processo e é um bom problema de se ter. Eu estou constantemente debatendo a próxima coleção para TOC. É sempre desafiador e emocionante já que eu coloco muito coração nisso.

O que você aprendeu sobre si mesma durante o caminho?

Eu aprendi o quão importante é se manter verdadeira ao meu estilo e ao que eu acredito ser bonito. Pode haver muitas influencias e distrações esses dias. É importante se manter verdadeiro ao DNA da marca. Também é importante para mim criativamente ter momentos para eu mesma, onde eu possa deixar minha criatividade fluir e encontrar novas inspirações já que estamos constantemente criando novas coleções e atendendo a demanda. Quando eu comecei essa empresa eu não sabia nada sobre negócios. Eu gostei de encontrar em meu poder empreendedor.

Como você descreveria a estética da marca?

Tropic of C é uma marca para um consumidor consciente. O estilo geral é inspirado por formas clássicas e na simplicidade. Essas são peças que você pode ter por  muito tempo, que nunca vão sair da moda. Eu imagino a garota Tropic of C sendo uma mulher aventureira que gosta de estar chique e se sente bem em qualquer aventura que ela estiver. Eu presto atenção em ambos, qualidade e caimento. Acho que a minha experiência em modelar e ganhar a vida fazendo roupas não muito bonitas parecem bonitas me ajudou a crias peças que fazem o contrário: elas fazem você parecer bonita.

Você está envolvida em todos os aspectos do negócio, do design ao marketing. Qual é a sua parte predileta do processo?

Minha parte favorita de comandar a Tropic of C é o lado criativo, com certeza. Eu amo criar e encontrar novos tecidos e cores, fazer a direção de arte dos ensaios, e aperfeiçoar a pós-produção e marketing. Eu quero com que o consumidor se sinta em minhas fantasias tropicais, sentir algo a mais além de apenas comprar. Quero transportar o consumidor ao mundo da Tropic of C e quase sentir o sol e os elementos que me inspiram tanto. Meu processo é que eu crio com a localização e sentimento da coleção em mente. Eu imagino em qual ambiente as peças vão ficar melhores e faço a coleção acontecer.

O “C” em Tropic of C representa Candice?

O “c” é para capricórnio ou câncer – as latitudes. Eu sempre fui guiada pelo sol; me inspira com os amanheceres coloridos e entardeceres e a habilidade de criar vida e crescimento. O sol me faz feliz e também é o único meio para poder ficar em biquínis o tempo inteiro, que é quando estou mais feliz, então faz sentido. Foi um nome para o lugar  da minha mente que é TOC, onde o verão nunca termina. Mas também pode ser para Candice se você gostar!

Como você gostaria de continuar vendo a marca crescer?

Eu amaria continuar adicionando categorias e colaborar com marcas com ideais parecidos que eu respeito. Estou apenas feliz por estar alcançando tantos países diferentes e consumidores lindos ao redor do mundo que continuam voltando porque eles amam o que fazemos. Isso diz muito.

Porque foi importante ser uma marca com um propósito, e com quem você colaborou ao longo dos anos para alcançar esse objetivo?

Foi importante para mim ter o aspecto sustentável já que eu realmente me importo e me inspiro pela natureza. Acho que você pode ver isso na maioria dos projetos que eu faço. Para mim, é sobre construir algo com integridade. Nunca foi apenas sobre vender um produto para mim, e eu acredito que se você fizer o seu melhor para devolver de alguma forma a vida será boa para você. Eu acho que foi sobre ter orgulho do meu negócio, mas também sobre poder dormir a noite sabendo que não estou causando mais danos para coisa que mais me inspira. Nós colaboramos com organizações incríveis no Peru e na África que dão trabalho e poder para as mulheres que precisam. Nós continuamos encontrando novos tecidos sustentáveis e métodos de criar nosso produtos e embalagens. Algumas das primeiras empresas que encontramos, como a Econyl e Repreve, foram métodos pioneiros no momento que comecei a empresa, e agora muitos outros como eles estão surgindo com novas tecnologias e jeitos de reduzir o impacto ambiental.

Quais são alguns dos exemplos da marca sendo sustentável?

Há os tecidos diferentes que usamos. A maioria é feito de fibras de nylon regenerado feito de materiais reciclados como redes de pesca, retalhos de tecido e plásticos industriais resgatados de aterros e oceanos ao redor do mundo. Os forros, etiquetas, e embalagens foram cuidadosamente escolhidos para serem 100% renováveis e biodegradáveis.

Da onde você tira inspiração quando cria para a linha?

Eu acho inspiração em todo o lugar! Pode ser uma mulher na rua, pode ser a forma de uma folha ou flor. Cultura e atitudes me inspiram também – cultura africana e suas lindas estampas e cores. Moda vintage também inspira as formas do meu design. Eu sou alguém que vê beleza em tudo e todos, até mesmo no momento mais simples do dia-a-dia que a maioria das pessoas nem prestam atenção.

Qual é o sentimento de ver outras mulheres usando a marca?

É a parte mais gratificante de tudo. Ver mulheres se sentindo empoderadas e bonitas e aproveitando suas vidas usando minhas peças me faz feliz, saber que todo o trabalho duro está valendo a pena.

Nos conte um pouco sobre o time por trás da Tropic of C.

Nosso escritório é em Nova York. Minha incrível parceira segura o forte enquanto eu as vezes trabalho remotamente quando estou viajando ou trabalhando. Uma das minhas mais antigas e querida amiga cuida do atacado. Ela é de Londres, e nós temos maravilhosas mulheres criativas colaborando em nosso marketing e no digital, ajudando minha visão vir a vida. Também tem o nosso time de negócios, que trabalha remotamente rastreando nosso progresso e ajustando metas. O time da TOC é até que pequeno considerando, e é em sua maioria mães trabalhadoras. Eu sou muito particular sobre a energia que nós permitimos em nossa pequena bolha tropical.

Você mora em Miami agora! O que você gosta sobre a área?

Eu amava mora em Nova York, eu morei lá por quase 14 anos, então eu realmente tive o melhor disso, mas ser capaz de nadar no oceano o ano todo foi uma grande vantagem para mim. Eu floresço em um lugar tropical! Também é um lugar que não preciso usar sapatos. Miami é perto o bastante para eu ser produtiva em Nova York quando eu preciso ser. Mas a razão principal de eu morar em Miami é que minhas crianças amam lugares abertos e água. É um equilíbrio adorável para mim.

Agora que você é uma local, qual é seu restaurante favorito em Miami?

Eu amo o Mandolin Bistro. É a melhor comida grega, e o lugar é ao ar livre e parece como a Europa. Boa sorte conseguindo uma reserva!

Nós ouvimos que você está trabalhando com o Route App. O que te chamou atenção sobre isso?

Tropic of C tem se beneficiado muito bem desde que começamos a usar o Route App. É um serviço incrível aos nossos consumidores TOC que fornece proteção em casos de encomendas que são perdidas no correio. Route tem uma abordagem única para compras online, repensando a experiência do usuário desde descobrindo marcas até a entrega do produto. Nós também estamos lançando nossa coleção capsula preto e branco com o Route durante o Basel.

Os feriados estão chegando O que está na sua lista de desejos esse ano?

Tirar uma semana ou duas para bloquear o constante barulho. Eu definitivamente preciso de algum tempo para recarregar minhas baterias. Esse último ano foi bem intenso para todos, e a vida parece estar voltando a velocidade total a frente. É importante não esquecer as lições que aprendemos durante a pandemia. Eu adoraria ir a algum lugar lindo na natureza e apenas estar. Encontrar equilíbrio e paz é uma parte importante para poder ser capaz de lidar com tudo na vida.

O que é algo que você realmente não quer ou precisa esse ano?

Drama, pessoas falsas em minha vida ou estresse desnecessário.

O que você normalmente faz durante as férias?

Ir a algum lugar que me inspira ou me acalma, normalmente algum lugar que é rico naturalmente, como a África, Brasil ou Costa Rica. Eu gosto de ver minhas crianças estando com a minha família e criando memórias.

O que você está esperando ansiosamente em 2022?

Gostaria de continuar ver meu negócio florescer e qualquer coisa interessante, excitante que vir em meu caminho. Eu sou muito uma pessoa “do momento”. Eu sou extremamente presente, então eu não paro e penso no futuro a não ser que eu seja forçada. Vida é sobre aprender e evoluir, então eu espero ansiosa para quais lições 2022 tem guardado para mim, ambos profissionalmente e pessoalmente.

 

FONTE | Tradução e adaptação: Candice Swanepoel Brasil.

Durante a temporada de Spring/Summer 2021, a famosa marca Burberry uniu forças com a artista Anne Imhof para criar uma passarela interativa mágica que uniu o mundo da moda e da arte. Essa bem sucedida colaboração terminou com uma grande amizade entre Imhof e Riccardo Tisci, diretor criativo da marca, que acabou usando sua influencia para financiar a primeira exibição solo da artista, intitulada Natures Mortes, que estreiou em Maio deste ano.

Após seis meses, a exibição está chegando ao fim e para celebrar o seu sucesso Tisci ergueu um evento no estilo que melhor sabe: cheio de estrelas. Ocorrendo na segunda-feira (18), a Yoyo Club, no coração do Palais Des Tokyo, em Paris, reuniu grande nomes da indústria como Irina Shayk e Mariacarla Basco. Candice Swanepoel também se juntou a elas na festa icônica que seguiu até tarde da noite.

Confira, clicando nas miniaturas abaixo, as fotos do evento:

 

Finalizando seu calendário usual de lançamento, na última sexta-feira (15) a Tropic of C, marca de lifestyle sustentável fundada pela própria Candice, anunciou a sua mais nova coleção da sua linha de trajes de banho, a de Resort 2022.

Diretamente de Puglia, na Itália, a nova coleção trouxe novas 40 peças para a linha – contando com novas cores das peças queridinhas pelo público. Com um pé no próximo ano, podemos ver tendências de crochê, estampas diversas e cores intensas vindo em suas próximas coleções, um diferencial quando paramos para refletir sobre a primeira coleção lançada, que se manteve focada em tons terrosos.

Com a própria Candice Swanepoel estrelando a campanha, nela podemos ter um gostinho do que seria a perfeita férias italiana.

Confira, clicando nas miniaturas abaixo, a nova campanha:

 

Foto: Eduardo Bravin | Styling: Sandy Armeni

Com a chegada das temporadas frias no hemisfério norte, as coleção de outono/inverno começam a ser lançadas pelas marcas, finalmente ficando disponível para o público. E para a famosa marca de agasalhos de luxo canadense, Nicole Benisti, não seria diferente.

Mantendo o alto nível em seu casting – modelos como Irina Shayk, Hailey Bieber e Elsa Hosk já posaram para a mesma, a coleção de Fall/Winter 2021-2022 trouxe ninguém menos do que Candice Swanepoel como musa da campanha. Pelas lentes de David Roemer, a modelo exibiu os icônicos casacos de tweed e shearlings da marca, e também posou com os novos puffers de cashmere tricotados, estilizados no verdadeiro estilo do rock and roll.

Confira, clicando nas miniaturas abaixo, as fotos da campanha:

Foto: David Roemer | Stylist: Celia Azoulay | Maquiagem: Georgi Sandev | Cabelo: Benoit Moeyaert

Após desconstruir tudo o que já sabíamos sobre a famosa marca britânica Burberry em seu último desfile para a coleção masculina, o engenhoso Riccardo Tisci retorna de onde parou para a nova coleção de Spring/Summer 2022 da marca. Em uma coleção inteiramente dedicada a sua mãe, que faleceu em agosto, Tisci se inspirou no nosso mais primitivo instinto, trazendo isso em um pequeno detalhe na beleza usada por algumas modelos: uma orelha de um veado. “Nós nascemos de animais. Temos um instinto animal que é altamente tenso quando estamos sentindo felicidade, depressão ou tristeza”.

Esta coleção começou de onde parou a moda masculina, num estudo abstrato, desconstrutivista e muito irreverente dos códigos da Burberry. Baseando-se em sua premissa de instinto, Tisci abstraiu estampas de animais em vestidos leves e pequenos, como os motivos de borboletas que você obtém “quando as crianças colocam cores entre duas páginas e as abrem”, explicou ele. Junto com aquelas orelhas de Bambi, ele adicionou uma sensação infantil de admiração aos cortes ousados que incorporam as linhas muito pessoais que Tisci está trazendo agora para a Burberry.

O desfile também não seguiu a volta presencial, como várias marcas fizeram, e continuou como uma apresentação digital, onde as modelos desfilaram por diferentes quartos – passando por vento, festas e uma passarela de glitter, durante o mesmo.

Candice Swanepoel – que após aparecer quase morena, apareceu com as madeixas platinadas, desfilou pela primeira vez para a marca. Confira, clicando nas miniaturas abaixo, as fotos do desfile:

 

Candice aparece no minuto 6:48

Em 2020 a Tropic of C, marca criada e idealizada pela própria Candice Swanepoel, expandiu suas fronteiras quando lançou ao público uma linha de activewear, intitulada Movement. Essa nova linha foi inteiramente inspirada pela paixão de Swanepoel pelo Ballet e foi projetada pensando criar peças confortáveis para aqueles que praticam dança ou atividades físicas. Assim como o lançamento inicial da marca, Movement foi um sucesso – e ganhou uma segunda coleção, chamada Physique, no começo deste ano.

Na sexta-feira (24), a marca anunciou o retorno da linha com uma nova coleção. Ao mesmo tempo em que reabasteceu os modelos antigos, a essa nova leva também apresentou seis peças novas – contando com tops e shorts de malha em tons de rosa e amarelo pastel. Estrelada pela própria Candice, e com uma segunda campanha de apoio com a modelo Maia Cotton, a nova campanha foi fotografa na Itália pelo fotografo Eduardo Bravin.

Confira, clicando nas miniaturas abaixo, as fotos da campanha:

 

Foto: Eduardo Bravin | Styling: Sandy Armeni